Logo Unioeste

O Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) recebe os estudantes e docentes para o ano letivo de 2018 com uma programação voltada ao debate sobre demandas contemporâneas de pesquisa, ensino e interfaces com as atuais políticas de Internacionalização da CAPES, considerando, sobretudo, o Plano Nacional de Pós-graduação (PNPG 2011-2020), o resultado da avaliação quadrienal (2013-2016), com a atribuição da nota 5 ao PPGL, o potencial do Programa na formação docente e os desafios para os quais o resultado da avaliação quadrienal aponta.

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras da Unioeste, professora Dra. Lourdes Kaminski Alves, destacou que no atual PNPG o tema da Internacionalização destaca-se como um dos pilares da avaliação da pós-graduação no Brasil, ao lado de outros cinco temas: Inovação, Redes e Associações, Inter e Multidisciplinaridade e Educação Básica. Faz parte desta programação o Ciclo de palestras intitulado Ensino e Pesquisa: Ações e Perspectivas de Internacionalização, com início no dia 15 de março de 2018.

A coordenadora falou que o ciclo de palestras foi pensado para se constituir em um fórum de proposições e discussões sobre diretrizes – que reflitam os interesses dos pesquisadores do PPGL/Unioeste, no que se refere a temas e problemas relevantes em torno do eixo pesquisa em Línguas, Literaturas, Formação Docente e Internacionalização – que nortearão as pesquisas, as publicações e as reflexões para o quadriênio em andamento.

O evento contou, em sua primeira mesa de debates “Apoio à Internacionalização na Pós-Graduação da Unioeste”, com a participação do pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unioeste, professor Dr. Silvio César Sampaio, do Assessor de Relações Internacionais e Interinstitucionais, professor Dr. Pery Shikida e da Assessora de Internacionalização, Gabriela Daiana Christ.

O professor Sílvio refletiu sobre a importância de os PPGs construírem um planejamento coletivo sobre que tipo de internacionalização almejam e sobre as demandas colocadas pela CAPES com relação ao tema, também falou da importância em se preparar os estudantes para experiências de estudos fora do país.

Prof. Pery e Gabriela Daiana Christ abordaram sobre as propostas, projetos e contribuições do setor de Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais para o atendimento das demandas de internacionalização da pós-graduação na instituição e políticas de acolhimento a pesquisadores estrangeiros. Durante o debate o professor Dr. Jorge Bidarra questionou as regras da Instituição que, atualmente dificultam a realização destas demandas, por exemplo, a burocracia e a morosidade com relação à aquisição de softwares de apoio à pesquisa, de passagens internacionais e falta de apoio aos pesquisadores que tem seus trabalhos aprovados em eventos relevantes da área fora do país, e que, muitas vezes, se vêem impossibilitados desta participação e solicitou que tais aspectos sejam considerados como parte da efetivação das condições para a realização da esperada internacionalização.

A professora. Lourdes falou sobre a importância de atualização destas regras, no sentido de buscar maior flexibilização para a recepção de o pesquisador estrangeiro atuar como docente nos PPGs, o que foi reforçado pelo professor Gilmei Francisco Fleck, com relação à recepção do estudante estrangeiro que venha a desenvolver parte de sua pesquisa na Unioeste. Neste sentido, tanto o pró-reitor de pesquisa. Sílvio, quanto o professor Pery foram unânimes em concordar com a necessidade de atualização de Regulamentos para que se possa evitar tais engessamentos. A mesa foi importante para a continuidade do debate que deverá ocorrer durante todo o primeiro semestre de 2018, conforme programação do evento, a fim de que se possa ter um diagnóstico para análise e avaliação de indicadores e objetivo da internacionalização no PPGL.

Para a segunda mesa do ciclo de palestras a coordenadora, professora. Lourdes, convidou os docentes do PPGL que realizaram estágios de pós-doutoramento ou atividades como pesquisadores visitantes no exterior para discorrerem sobre suas vivências, pesquisa e estudos nestas modalidades. Participaram desta roda de conversas, os professores, Dr. Acir Dias da Silva, Dra. Adriana de Figueiredo Fiuza, Dr. Alexandre Soares Ferrari, Dr. Gilmei F. Fleck e Dr. Jorge Bidarra. Para a professora. Lourdes, as duas mesas que abriram o ciclo de palestras, trouxeram importantes contribuições, no sentido de mudança de olhares e de cultura com relação à mobilidade docente e discente, no âmbito internacional. A professora Lourdes registrou a participação do Prof. Dr. Luca Greco (Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3), como conferencista na Aula Magna do PPGL, no dia 27/02/18, sob a mediação do professor Dr. Alexandre Soares Ferrari e da Profa. Dra. Dantielli Assumpção Garcia.

Durante a estada do professor Luca no PPGL, o mesmo participou de reuniões com os membros dos Grupos de Pesquisa “Etnia, Diversidade e Gênero” (PPGL/Unioeste), “Educação e Sexualidade” (PPG/Educação/Unioeste) e do Grupo de Pesquisa “POEHMAS” (UNICAMP/IEL), a convite do Prof. Alexandre.

A programação completa do ciclo de palestras Ensino e Pesquisa: Ações e Perspectivas de Internacionalização está disponível no site do PPGL http://portalpos.unioeste.br/index.php/letras-ppgl
 
20180315 141658
 
20180315 141708
 
20180315 095856 resized 2