Logo Unioeste
POLÍTICAS GERAIS

  • Privilegiar a Qualificação Técnica e a Carreira na designação dos nomes para os Cargos em Comissão e Chefias.
  • Organizar a realização de uma Estatuinte  para rever o Estatuto e Regimento da UNIOESTE.
  • Elaboração do Plano de Desenvolvimento da Unioeste (PDI), por meio de Comissão composta por representantes de todas as Unidades da Unioeste,para os próximos cinco anos;
  • Consolidar a avaliação institucional como um processo permanente que seja apropriado pelas instâncias administrativas, pedagógicas e acadêmicas como um instrumento importante para o planejamento da UNIOESTE.
  • Consolidação da Editora Universitária com autonomia administrativa, funcional e de distribuição.
  • Garantir as condições estruturais e pedagógicas para implantação do curso regular em educação do campo no regime de alternância.
  • Promover a desburocratização na vida universitária.
  • Fomentar a captação de recursos nos diversos campi da Universidade.
  • Defesa incondicional das demandas da graduação e pós-graduação e extensão.
  • Implantar o Portal da Transparência.
  • Implantar a prática do Orçamento Participativo.
  • Viabilizar, com urgência, a realização de Concurso Público para agentes universitários e docentes para atender à demanda reprimida e para suprir a expansão dos cursos de graduação e de pós-graduação da UNIOESTE.
  • Descentralizar as atividades de ensino, pesquisa e extensão para os Campi.
  • Ampliar o número de vagas para os cursos de graduação, quando houver demanda, em períodos diferenciados.
  • Criar e implantar uma Diretoria de Recursos Humanos em todos os Campi.
  • Prever recursos financeiros para a política de desenvolvimento, atualização e revitalização do acervo das bibliotecas dos Campi e do HUOP.
  • Criar um banco de dados de projetos acadêmicos relacionados ao ensino, pesquisa e extensão, acessível a todos os interessados.
  • Incentivar a participação de professores, estudantes e agentes universitário nos Conselhos e Colegiados da Universidade, respeitando as diversidades e ideologias de cada segmento.
  • Transmissão, ao vivo, das Reuniões do Conselho Universitário para os Campi da Universidade.
  • Criação ou revitalização dos espaços de convivência nos Campi e no HUOP.
  • Investir nas potencialidades artísticas dos acadêmicos, docentes e agentes universitários, criando oportunidades para desenvolverem e manifestarem seus talentos.
  • Criar as condições para que os Jogos Universitários retornem na UNIOESTE, de modo a reativar o lazer e o esporte na vida comunitária, bem como a representação de nossa Instituição em outros espações da sociedade.
  • Criar a Coordenação Geral de Estágio com segmentos nos Campi, permitindo que a modernidade seja também parte da UNIOESTE.
  • Criação de Conselho de pesquisadores e Programa de Pós-graduação Stricto Sensu.
  • Criação condições de trabalho para todos os docentes no que se refere aos seus espaços de atendimento e laboratório.
  • Garantir a política das licenças especial e sabática, bem como a licença para Pós-doutorado.
  • Proporcionar, anualmente, a apresentação nos Campi dos projetos de ensino, pesquisa e extensão, bem como das produções de reses e dissertações, viabilizando a divulgação em diferentes meios de comunicação.
  • Criar uma politica de publicação efetiva para os trabalhos de dissertação, tese e relatórios de pesquisa.
  • Criação de um centro de tradução para incentivar as publicações internacionais, fortalecendo os programas de pós-graduação.
  • Viabilizar auxilio financeiro para os pesquisadores participarem de eventos científicos no Brasil e no exterior.