Logo Unioeste

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) recebeu homenagem durante sessão nesta terça-feira (13), na Câmara Municipal pelos 40 anos de ensino superior em Foz do Iguaçu, ofertando educação pública, gratuita e de qualidade e trabalhando nos três tripés da instituição de ensino: ensino, pesquisa e extensão. A Moção de Aplauso foi proposta pelo Presidente da Câmara Municipal, Vereador Beni Rodrigues.

O proponente da honraria, Beni Rodrigues, foi à tribuna explanar os motivos pelos quais apresentou a homenagem. “Me sinto honrado em conceder essa homenagem para Unioeste. Quantos profissionais vocês já formaram, toda a equipe da Unioeste, todos os professores. Estamos muito felizes em prestar essa homenagem pelos 40 anos da Unioeste/Facisa em Foz do Iguaçu”, afirmou Beni.

O professor Fernando Martins, Diretor do Campus de Foz do Iguaçu, disse: “A música que trouxemos no vídeo sobre a história da Universidade já diz que não é possível mencionar todas as pessoas importantes para trajetória da instituição. Importante ressaltarmos, que cada real que o governo investe na Unioeste, 4 reais voltam para Foz em circulação de mercadorias, serviços e recursos financeiros de modo geral. Temos neste momento uma avalanche de críticas sobre as instituições universitárias. Temos enfrentado a falta de reconhecimento de nossos quadros e serviços, mas temos nos mantido firmes. Esse é o momento de expressar a importância de nossa universidade. Temos programas como o Bom Negócio Paraná que capacita empresas, funcionários. Saliento nossa participação em outras esferas públicas e privadas também. Trabalhamos com a cedência de servidores, o Diretor do Hospital Municipal também é do nosso quadro universitário. Temos participação direta em quase todo setor empresarial de Foz. Quanto vale a universidade? Acredito que este pode ser o momento de pedirmos um curso novo para a Unioeste, especialmente na área da saúde, que só temos enfermagem. Só da Facisa/Unioeste conseguimos formar em torno de 10 mil pessoas, entre graduação e pós-graduação. Mas, acredito que essa sementinha plantada em 1979 fez com que se consolidasse em Foz um polo Universitário”.

A entrega da moção de aplauso foi marcada pela presença de primeiros alunos da Unioeste, da presença de professores que já estão aposentados, alguns funcionários e docentes que estão na ativa. O vereador Edílio Dall´Agnol, egresso da Unioeste, fez uso da palavra para marcar a relevância do momento. “Quando vi os professores mais antigos aqui foi uma emoção muito grande. À época que estudei lá eu concorri à chapa do DCE, ganhei a eleição e quando entrei fui ver tudo o que estava acontecendo. Toledo, Cascavel, Rondon, todos tinham uma sede e então fomos à luta por uma sede para Unioeste de Foz do Iguaçu. Hoje me orgulha em ver tantos estudantes saindo da Unioeste e a instituição colocando profissionais no mercado de trabalho”, declarou Edílio Dall´Agnol (PSC).

Ao final da homenagem, o professor Fernando Martins citou o poema “Das Utopias” de Mário Quintana, para externar sua gratidão a todos que fizeram parte dessa trajetória de luta pelo ensino superior, pela educação, pelo desenvolvimento regional e formação pública, gratuita e de qualidade ofertada em Foz do Iguaçu há tantos anos.

image