Logo Unioeste
Atuais e antigos servidores e professores Foto Marcos oliveira.jpg

Números sobre estrutura física, quadro de pessoal, alunos e, principalmente, ações de pesquisa e extensão desenvolvidas na Universidade Estadual do Oeste do paraná (Unioeste), campus de Foz, foram alguns dos tópicos abordados pelo diretor-geral Fernando José Martins, na manhã de hoje (6), em sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu. A intervenção do diretor-geral ocupou tempo concedido pela presidente da casa, Beni Rodrigues.

Véspera de completar 40 anos de assinatura do decreto do Conselho Estadual de Educação, que autorizou a criação das primeiras turmas de ensino superior de Foz do Iguaçu (7 de junho de 1979), Martins também anunciou as atividades alusivas à comemoração da data e apresentou um resumido quadro da educação superior no município.

“Em todos os lugares onde vamos tem alguém tem ou já teve alguma relação com a Unioeste. A universidade contribuiu e ainda contribui muito com a região”, apontou o diretor-geral. “Temos clareza da importância do início da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FACISA) para Foz do Iguaçu e, principalmente, o significado dos egressos das primeiras turmas no desenvolvimento da região. Hoje a cidade é uma geradora de massa crítica e profissional, ciência e tecnologia”, constata.

Homenagens

O diretor-geral anunciou que no dia 13 de agosto, será feita, também na Câmara de Vereadores, a entrega de Moção de Aplausos aos formandos das turmas de Administração e Ciências Contábeis. Os alunos são os primeiros graduados por uma instituição de ensino superior de Foz do Iguaçu, a FACISA, em agosto de 1983. Representando os formandos da instituição, deu origem à Unioeste Foz do Iguaçu, em 1994, o contador e ex-professor do campus de Foz, Elias João Dandolini, fez um relato da época e falou sobre os reflexos da criação dos primeiros cursos superiores na região.

“Para concluirmos o calendário, tínhamos aulas inclusive aos domingos, pela manhã”, relembra Dondolini. “Era um período complicado, com diversas mudanças de sede, mas muito importante para Foz do Iguaçu, pois foi o marco inicial dos cursos superiores na cidade, que hoje é um polo universitário”, analisa o ex-professor, que atuou por mais de 34 anos na universidade.

Re-formatura

No dia 22 de agosto, a universidade promove uma re-formatura dos primeiros graduados da instituição. A cerimônia será no Auditório Alcibíades Luiz Orlando, no campus de Foz, a partir das 19 horas. No dia 9 de novembro, está programada a realização de um baile, em comemoração aos 40 anos de atividades.

Texto: Assessoria Unioeste campus de Foz do Iguaçu

Elias Joao Dandolini Foto Marcos oliveira.jpgFernando martins Foto Marcos oliveira