Logo Unioeste
0
0
0
s2sdefault
fernando martins

À frente do Campus de Foz do Iguaçu pela segunda vez o diretor geral, professor Fernando Martins, coloca que o plano de trabalho foi debatido e eleito com a comunidade acadêmica, sintetizado na expressão Diálogo e Ação sem fronteiras, e já está devidamente incorporado nas diretrizes institucionais como o Plano Diretor e Projeto Político Pedagógico Institucional. Ele diz ainda sobre como os trabalhos serão conduzidos nos próximos quatro anos.

Graduado em Pedagogia, Fernando Martins fez mestrado na Universidade Federal do Paraná (2004) e é doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). É professor associado da Unioeste, instituição na qual coordenou o curso de Pedagogia e foi diretor do Centro de Educação, Letras e Saúde (CELS), em duas gestões. É docente do Programa de Pós-Graduação Sociedade, Cultura e Fronteiras. Fernando Martins assume em 2020 a sua segunda gestão consecutiva, enquanto diretor-geral da Unioeste Campus de Foz do Iguaçu.

       1.Quais as metas a curto prazo para o Campus?

Inicialmente, vamos entregar o campus para o início das aulas com uma série de reformas pontuais para melhoria da qualidade de vida da comunidade acadêmica. Reformas em sistemas elétrico e eletrônico, banheiros, estruturas em geral. Também iremos inaugurar um bloco novo para a pós-graduação. E queremos ainda, dar ênfase na questão da Mulher na universidade na Semana de Integração no início do ano, que acolhe os calouros e promove ações para toda comunidade acadêmica.


2.Qual projeto de trabalho que pretende implantar na sua gestão?

O plano de trabalho foi debatido e eleito com a comunidade acadêmica, sintetizado na expressão Diálogo e Ação sem fronteiras, e já está devidamente incorporado nas diretrizes institucionais como o Plano Diretor e Projeto Político Pedagógico Institucional.


3.Qual a visão que o senhor tem hoje da Instituição tanto no âmbito regional, estadual e nacional?

Nossa instituição tem se destacado em todos os rankings nacionais e internacionais, o que evidencia a qualidade da Instituição. E especial é digno de nota que a atuação da Unioeste junto a realidade, por meio de diversas ações, e particular, extensão universitária é notável. Proporcionalmente, se fizermos cálculos, somos uma das universidades que mais faz extensão no país.


4.Qual o perfil do Campus?

Nós temos um campus com 13 cursos de graduação, com cinco mestrados e um doutorado. Em torno de 2200 estudantes entre graduação e pós-graduação. Temos diversas áreas do conhecimento atendida, cursos voltados para a vocação natural que é a recepção de mais de dois milhões de turistas por ano. Uma parceria estratégica com o Parque Tecnológico de Itaipu e com apenas um curso na área de saúde, conseguimos notabilidade no trabalho de saúde da tríplice fronteira. Formamos solidamente profissionais da educação que atuam em todos sistemas de ensino, além de formação profissional nos cursos da área de ciências sociais aplicadas. Esse conjunto credencia o campus de Foz do Iguaçu ser a porta de entrada da Unioeste para o mundo e vice-versa.

Por Patrícia Bosso
Foto: Divulgação
0
0
0
s2sdefault