Logo Unioeste
0
0
0
s2smodern

logo do diaboDurante os dias 3 e 4 de outubro, será realizado em Foz do Iguaçu, o primeiro Fórum Trinacional sobre Violências. Este evento tem por objetivo identificar e analisar as melhores estratégias para o enfrentamento da violência no país e na região Transfronteiriça, considerando os dados demográficos, socioeconômicos, culturais, familiares, educacionais e comportamentais, subsidiando indicadores para a elaboração de ações e estratégias de políticas públicas na prevenção da violência e vulnerabilidades em regiões de fronteira.

O Fórum surgiu a partir da iniciativa de um Grupo de Trabalho (GT) para a Integração das Ações da Saúde, que é coordenado pela professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Elis Maria Teixeira Palma Priotto. Esse grupo foi constituído pela Itaipu Binacional como projeto de extensão da Unioeste.

Grupo de Trabalho

O GT desenvolve seus projetos e ações no âmbito de Comissões Técnicas: Saúde Materno-infantil, Saúde Indígena, Saúde do Idoso, Acidentes e Violências, Endemias e Epidemias, Saúde do Trabalhador e Meio Ambiente, Saúde Mental, Educação Permanente em Saúde, Saúde do Homem e Fitoterápicos.

E tem por objetivo contribuir para o fortalecimento das políticas públicas de saúde, promovendo ações baseadas na integração e na cooperação entre os países vizinhos e na conjugação de esforços para o enfrentamento trinacional de problemas prioritários, para a qualificação da força de trabalho e para a melhoria da qualidade de vida da população da tríplice fronteira.

Desde 2018, os representantes da comissão Técnica de Acidentes e Violências do Brasil, Paraguai e Argentina, vêm discutindo e analisando qual a melhor estratégia para o enfrentamento das violências, dada à complexidade existente em torno da temática, cujo grande desafio é a estruturação de uma política que integre os três países.

A programação do evento está disponível no site, assim como as orientações de inscrição e outras informações. https://forumtrinacionalvi.wixsite.com/forumtriviolencias.

Texto: Amanda Alves

0
0
0
s2smodern