Logo Unioeste

A trajetória de quatro décadas de ensino superior em Foz do Iguaçu será a pauta principal do Fórum da Comunidade, nesta segunda-feira (8), às 19 horas, no miniauditório da Unioeste, Campus de Foz do Iguaçu. As inscrições para o encontro podem ser feitas pelo site www.unioeste.br/eventos/forumdacomunidade.

Na plenária serão apresentadas uma síntese do atual quadro universitário e o calendário dos 40 anos de educação superior em Foz do Iguaçu. Os temas serão abertos para debate e encaminhamentos doa participantes.

O Fórum é um canal institucional de diálogo entre as comunidades acadêmica e externa. Essa instância consultiva, instituída por meio de resolução, objetiva aproximar a universidade à sociedade local e regional.

A sessão do evento fará a indicação de representantes da comunidade para compor o Conselho de Campus – instância máxima de deliberação da Unioeste Foz do Iguaçu. A pauta inclui também a escolha da nova Comissão Executiva do Fórum da Comunidade.

Uma luta da sociedade iguaçuense

A história do ensino superior na cidade começou com a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa), em 1979. No começo eram dois cursos mantidos em espaços físicos cedidos.

Na década de 1980, a mantenedora da Instituição passou a ser fundação. Foi um passo para o processo formal de estadualização das faculdades isoladas de Foz, Cascavel, Toledo e Marechal Cândido Rondon, que resultaria na Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste.

O processo de criação de uma instituição pública de ensino superior em Foz do Iguaçu foi permeado pelo movimento da comunidade pela federalização da Facisa. Foram várias mobilizações e atividades públicas, inclusive em Brasília (DF), tendo à frente estudantes.pensamentounioeste Waldir G. Salvan