Logo Unioeste
  • Unioeste
  • Avaliação Institucional

Eloá.jpg

A professoraEloá Soares Dutras Kastelik, do curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) Campus de Foz do Iguaçu, foi eleita presidente da Comissão Estadual Universidade para os Índios (CUIA).

A presidente eleita, é pesquisadora que escreveu tese sobre a Formação de Professores Indígenas. Coordena também o curso de Pedagogia e Grupo de Pesquisa Educação, Diversidade e Inclusão no Contexto de Fronteira é oriunda do campus de Foz do Iguaçu, onde desenvolve trabalhos com os indígenas desde 2010.

A CUIA terá uma coordenação colegiada constituída por coordenador presidente; um vice coordenador e um secretário. Juntamente com a nova presidente, tem-se um grupo de trabalho composto por Elenise Lesczynski, Evanilde Pereira Salles Lange e Paulo Cesar Rodrigues Diógenes da Diretoria de Ensino, bem como do prof. Paulo Humberto Porto Borges, do Curso de Pedagogia do campus de Cascavel.

A presidente também conta com o apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI, do reitor da Unioeste Paulo Sérgio Wolf, da Pró-Reitoria de Graduação, representada por Elenita Conegero Pastor Manchope e de Fernando José Martins, Diretor de Campus de Foz do Iguaçu.

Sobre a CUIA

O grupo da CUIA é composto por representantes das seis Universidades Estaduais e da Universidade Federal do Paraná. A partir da publicação da Lei Estadual nº 13.134/2001, modificada pela Lei Estadual 14.995 de 2006, tem-se como objetivo instituir a reserva de vagas suplementares para indígenas nas Universidades Estaduais Paranaenses, a SETI (Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) delegou competência às Universidades para que, em conjunto, organizem o Vestibular Específico Interinstitucional dos Povos Indígenas, doravante designado Vestibular dos Povos Indígenas no Paraná.

0
0
0
s2smodern